O que é Credito de Carbono e como funciona: Descubra Aqui!

Share
O que é crédito de carbono? Image mostra máquina trabalhando e emitindo CO2

Fonte: rawpixel.com – br.freepik.com

O que é crédito de carbono? Conheça a tática que nasceu a partir da necessidade da participação dos países na proteção do meio ambiente.

Um dos grandes problemas relacionados ao meio ambiente é, sem dúvida, a emissão de gases de efeito estufa. Estes gases, estão relacionados às mudanças climáticas.

Desse modo, o crédito de carbono é um conceito que surgiu com o principal intuito de reduzir a emissão destes agentes que causam o efeito estufa.

Quer saber o que é crédito de carbono, como ele surgiu, de que forma é gerado e qual o seu impacto no meio ambiente? Então, siga lendo o post e confira todas as informações.

O que é o crédito de carbono: Entenda tudo aqui!

Abaixo você tem um guia completo sobre os créditos de carbono para entender exatamente o que eles são.

Como foi criado? Veja a história dos créditos de carbono

Como explicado anteriormente, o crédito de carbono trata-se de um conceito que surgiu a partir do protocolo de kyoto no ano de 1997. Seu principal objetivo é promover a redução dos gases de efeito estufa.

Desse modo, os créditos de carbono são parte de uma estrutura que ajuda países a se regularem diante dessa questão. Diversos países possuem metas de redução de emissão de gases poluente e o chamado mercado de carbono auxilia os mesmos na tarefa. Sendo assim, os créditos de carbono são uma espécie de moeda e representam a “não emissão destes gases”.

Em síntese, para cada tonelada de dióxido de carbono não emitida, gera-se um crédito de carbono e quando um país consegue fazer a redução, recebe uma certificação. O certificado vem da (MDL), Mecanismo de Desenvolvimento Limpo.

Além disso, estes créditos ficam disponíveis e podem ser comercializados com países que não atingiram suas metas.

Como são gerados os créditos de carbono?

Agora que você já sabe o que é crédito de carbono, vamos entender melhor como os mesmos são gerados.

De acordo com a empresa Sustainable Carbon, gera-se carbono de crédito à medida que os países investem em projetos que visam o desenvolvimento sustentável, evitando o efeito estufa. Temos como bons exemplos desses esforços estas ações:

  • Empenho na redução dos níveis de desmatamento e também o uso de energias renováveis;
  • Projeção de campanhas em prol consumo consciente;
  • Incentivo à projetos de reciclagem e, igualmente de reflorestamento;

A saber, o mercado de carbono encontra-se ativo em todo o mundo e existe uma regulação para o mesmo e cada país. De modo geral, esse mercado se caracteriza pela venda dos créditos de carbono entre um país que cumpriu suas metas e um que ainda precisa diminuir suas emissões.

Em resumo, a negociação ocorre segundo as regras do MDL que permite a cooperação entre países industrializados e queles em desenvolvimento. Por fim, essa cooperação pode ser de três formas:

  • Unilateral
  • Bilateral
  • Multilateral

Qual o impacto do crédito de Carbono no Meio Ambiente?

Após falarmos sobre o que é crédito de carbono, como gerar e comercializar, julgo ser importante entender seus impactos.

Será que esta tática realmente ajuda a preservação do meio ambiente, através da redução de emissão de CO2? Além disso, existem desvantagens em relação à prática?

Sem dúvida, o mercado de carbono, por si só, já representa um grande benefício. Isso porque a redução do efeito estufa significa também a diminuição do aquecimento global.

No entanto, existem outros benefícios que devem ser lembrados. Por exemplo, os créditos de carbono representam uma opção aos países em desenvolvimento e que encontram-se em dificuldade para diminuir a emissão.

Usando esta tática, estes países têm a possibilidade de comprar crédito de carbono e pagar seus débitos. Além disso, os mesmos ainda conseguem implementar projetos sustentáveis em seus territórios, impulsionando as economias.

Mas será que são apenas vantagens?

Alguns pesquisadores ambientalistas consideram que o mercado de crédito, de certa forma, dá o direito de poluir. Ou seja, um país em desenvolvimento consegue cumprir suas metas mesmo poluindo em grande intensidade, basta comprar de países industrializados.

Significa que estes países em desenvolvimento continuam emitindo gases de efeito estufa na atmosfera e em grandes quantidades. Por outro lado, quando adquirem créditos de ouros países, acabam mascarando isso. Se você quer saber mais sobre as vantagens e desvantagens dos créditos de carbono, temos um artigo completo sobre isso.

Chegamos ao fim do nosso artigo e te agradeço por ter ficando até aqui. Então, entendeu o que é crédito de carbono? Se ficou alguma dúvida, basta deixar um comentário abaixo que responderei quanto antes.

Aproveite e continue acessando o Menos Carbono e saiba como você pode colaborar para termos um planeta mais sustentavel.

About Author

https://menoscarbono.com.br

Especialista em criar aquilo que um dia você vai procurar no Google. Interessado em créditos de carbono, mercado ESG e como criar um planeta mais sustentável.

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O que significa sustentabilidade? Entenda! Qual a diferença entre efeito estufa e aquecimento global?